Livros O senhor das moscas

O SENHOR DAS MOSCAS, DE WILLIAN GOLDING

04:00Universo dos Leitores

Olá leitores! Agora o nosso blog conta com mais uma colunista, a Josielma Ramos. Ela contribuirá com resenhas e alguns posts variados. Para começar ela escolheu um excelente livro! Confiram:
Perturbador... Foi essa a impressão que me deixou a alegoria do inglês vencedor do Nobel de Literatura, William Golding.

A um leitor desavisado talvez a trama possa passar por um livro de aventura. Os elementos estão todos lá: garotos cheios de energia, ansiosos por se verem livres das sufocantes regras impostas pelos adultos, abandonados em uma ilha inabitada, cheia de mistérios e pronta a ser explorada. Mas as semelhanças com este tipo de gênero literário acabam por aí! 

O Senhor das moscas é a história de um grupo de meninos que estava viajando e o avião caiu em uma ilha deserta. A história é contada na maior parte das vezes pelo ponto de vista de Ralph, que se torna o líder depois de uma votação democrática e rapidamente decide que eles precisam ter regras para sobreviver no local.

Ralph tem um aliado muito importante, o Porquinho, que funciona como o cérebro do grupo. Ele é muito cético e tem as melhores idéias, sempre usando o bom senso. Ele também se torna um aliado muito bom, porque a maioria das crianças só está interessada ​​em se divertir e caçar e, muitas vezes, Ralph e Porquinho parecem ser as únicas pessoas realmente interessadas em encontrar uma maneira de sair da ilha.

Outro personagem que se destaca é Jack, o líder do coro de meninos. Jack também tem características de um líder, e muitas vezes discute com Ralph, já que divergem em vários assuntos. No início, Jack chega a respeitar as atitudes de Ralph, mas com o tempo a inveja pela liderança aflora e os dois se tornam inimigos declarados.

No início, o prazer pela caça que Jack e os outros demonstram parece fazer parte de uma grande brincadeira, coisa de criança, mas com o passar do tempo a diversão se torna obsessão e vira uma atividade doente de caça e matança. 

William Golding discute o instinto humano de sobrevivência e mostra como o medo do desconhecido pode afetar o julgamento e criar pessoas cada vez mais violentas. O livro foi escrito logo após a Segunda Guerra Mundial, em uma época em que o mundo vivia com medo de outro conflito de proporções grandes, quando a natureza do bem e o do mal eram constantemente debatidas. O autor usou esse estado de medo para escrever sobre um grupo de crianças que acabam em uma ilha deserta, longe da civilização, regras e adultos. 

O temor na vida das pessoas é explorado pelo autor no momento em que as crianças passam a acreditar que há um monstro na ilha. Eles começam a viver em um constante estado de tensão, embora apenas algumas delas tenham visto o tal monstro. A história traz uma série de analogias, começando com o título, que se refere a Belzebu, cujo significado do nome é exatamente Senhor das Moscas. 

Essa não é uma leitura leve, não mesmo! Fiquei pensando no desfecho o que me deixou meio abalada. O último trecho do livro é arrepiante. 

Esse é um livro maravilhoso e assustador, com reflexões sobre a perda da inocência, de como a humanidade sempre caminha para a guerra mesmo em meio à pureza e, também, sobre a ascensão do mal no coração humano. Uma história real sobre o animal mais perigoso de todos: o homem. 





You Might Also Like

26 comentários

  1. Josi,

    Achei a história super interessante, mas confessor que fiquei com medo desse tal "assustador", pois tem coisa que mexe bastante com a gente durante a leitura!

    Beijos,
    Caroline
    http://criticandoporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, mais é um livro bem gostoso de ler e ele é bem pequeno a leitura é bem rápida, mais confesso que no meio da leitura eu parei e só voltei a ler depois de duas semanas, é um ótimo livro.

      Excluir
  2. Pirei aqui.
    Amo livros de aventura onde eu fico roendo as unhas.
    Pela sua resenha eu já estava aqui roendo todas!!!!
    Que medooooo, cair numa ilha deserta!!!!

    Amei amore. Adorei a dica!!

    Lelê Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha amado a resenha, pois é um dos meus livros favoritos e eu queria fazer uma resenha digna dele, Obrigada.

      Excluir
  3. Tenho esse livro no Kindle e estou adiando a leitura dele faz um bom tempo. Adoro a premissa dessa história!
    E o que foi essa sua resenha? Delicada de detalhes. Amei!!

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não adia não, você vai ler e vai querer reler quando terminar, te garanto, obrigada por ter gostado da resenha.

      Excluir
  4. Oii, obrigado pelo carinho lá no meu blog.
    Estou seguindo vocês de volta, ok?
    Posso voltar por aqui mais vezes? rsrs!


    Beijos, www.likelivros.blogspot.com
    www.youtube.com/likelivros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fique a vontade pra voltar quando quiser, a porta está sempre aberta rsrss.

      Bjs

      Excluir
  5. Fantástico esse livro. ótima resenha.

    ResponderExcluir
  6. Ótima resenha. Parabéns! Seguindo o blog. Bjos

    http://liza-pink.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde, tudo bem?
    Entrei para conhecer seu cantinho, parabéns está lindo e muito organizado, Já estou seguindo. Depois passa lá no meu para conhecer também e se puder siga de volta, muito obrigada, bjs
    http://encantosempontocruz-barbie.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Adorei a resenha, parece um ótimo livro...
    Abraços!

    http://livrosgratisemcasa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Ah, esse livro sempre é citado em obras contemporâneas, não é? Bom, FINALMENTE eu sei do que se trata o tal do Senhor das Moscas.

    Você me deixou meio arrepiada com essa resenha, e meu interesse foi despertado.

    Beijos,

    mentecaptosporlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim ele sempre é citado, inclusive no episódio piloto de uma série chamada Sibéria citam ele, espero que leia e que goste do livro.

      Excluir
  10. Se eu não me engano esse livro é um clássico não? Já ouvi falar dele, mas não faz muito o meu estilo mesmo a resenha tendo me chamado a atenção.

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim é um clássico, esse tipo de livro também não fazia meu estilo, principalmente se tivesse ilhas no meio, sempre tive meio que medo de ilhas rsrs, mais garanto que depois que você começa a ler se apaixona.

      Excluir
  11. Parabéns pela resenha Josielma! Ainda não li o livro mas fiquei super curiosa após ler sua resenha!

    Seja bem vinda ao Universo dos Leitores!

    =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Kellen, já estou me sentindo super bem vinda rsrs, espero que leia o livro ;)

      Excluir
    2. Lerei sim! Já entrou para a fila! =)

      Excluir
  12. Ótima resenha :)
    Eu só havia ouvido falar do livro porque ele é citado em Percy Jackson e os Olimpianos, mas não tinha dado muita atenção. Agora estou com muuuita vontade de ler, principalmente pelo "trecho arrepiante" haha. Vou colocar na fila também. :)

    Até mais.
    Jedian
    inventordiligente.blogspot.com (novo, recém-criado)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que ótimo, também gosto dos livros de Percy Jackson e os Olimpianos, e adoro quando o senhor das moscas é citado em outros livros e filmes, leia você vai adorar.

      Excluir
    2. Que ótimo, também gosto dos livros de Percy Jackson e os Olimpianos, e adoro quando o senhor das moscas é citado em outros livros e filmes, leia você vai adorar.

      Excluir
  13. Esse livro é um clássico, né?! Eu ainda não o li, mas está entre as leituras que mais quero fazer. Parece uma história imperdível!

    Beijos,
    Nanie

    ResponderExcluir

Obrigada por participar do nosso Universo! Seja sempre muito bem vindo...

Acompanhe nosso Twitter

Formulário de contato