Amnésia Crítica

Amnésia, de Jennifer Rush

00:30Universo dos Leitores


Amnésia é o primeiro livro da série Alterados, da escritora Jennifer Rush

Sinopse:

Quando você não pode confiar em suas lembranças, em quem acreditar?

A vida de Anna está cercada de segredos. Seu pai trabalha para a Agência e lidera um projeto confidencial: monitorar e coordenar o tratamento de quatro rapazes alterados geneticamente, que vivem no laboratório localizado no porão de sua casa. Nick é formal e taciturno, Cas é alegre e brincalhão, Trev é inteligente e carinhoso, e Sam é o dono do coração de Anna. Por algum motivo, eles perderam a memória e não se lembram de fatos fundamentais que viveram. 

Quando a Agência decide que é hora de levá-los, Sam organiza uma fuga, e o pai de Anna a instiga ir com eles. Diante desse estranho acontecimento, e do pedido dele ao jovem para que mantenha a filha longe da organização a qualquer custo, ela começa a questionar tudo o que achava saber sobre si e logo descobre que ela e Sam estão conectados de uma maneira que jamais poderiam imaginar. E, se ambos quiserem sobreviver, deverão juntar as peças que reconstituem seu passado antes que a Agência roube deles o que ainda resta de sua vida.
Minhas Impressões:

Anna é uma garota que mora com o pai em uma casa que possui um laboratório subterrâneo onde vivem quatro garotos alterados geneticamente: Sam, por quem ela nutre um sentimento diferente, Trev, Cas e Nick. Ela desconhece o motivo pelos quais eles foram alterados e sabe apenas que eles tiveram as memórias apagadas e que passam 24 horas sendo monitorados pela “Agência”. 

Quando uma confusão acontece no laboratório, Anna se vê obrigada a sair do local com os quatro garotos e parte para uma viagem repleta de mistérios, segredos, traições e aventuras. Com personalidades completamente distintas e temperamentos nem sempre fáceis de lidar, eles precisam aprender a respeitar a vontade uns dos outros para que possam descobrir o que está por trás do trabalho da “Agência”. 

Com descobertas nem sempre fáceis e muitas vezes intrigantes, Anna ainda precisa lidar com o seu sentimento por Sam, que muitas vezes tira o seu juízo perfeito e a sua assimilação clara dos acontecimentos. 

“Era isso a esperança. Apegar-se a algo sem a certeza de que aquilo um dia seria seu. Mas você tem de aguentar de qualquer formar, porque sem isso qual seria o sentido?”
Os cinco personagens centrais foram extremamente bem caracterizados e desenvolvidos, se tornando interessantes e cativantes, o que contribuiu positivamente para o bom andamento da história. Por vezes, senti vontade de conhecer os pensamentos de Sam e as razões da desconfiança de Nick, com isso, considero que a história perdeu um pouco por ter sido narrada em primeira pessoa, sob o olhar único de Anna. 

Com um enredo rápido e instigante, uma escrita fácil e bem construída, a história criada por Jennifer Rush apresenta características de um suspense de ficção científica e consegue prender a atenção do início ao fim. Mesmo deixando algumas pontas soltas e muitos mistérios sem explicação, o primeiro volume respondeu várias questões e deixou acesa a curiosidade para a continuação, que promete muita novidade! 




You Might Also Like

0 comentários

Obrigada por participar do nosso Universo! Seja sempre muito bem vindo...

Acompanhe nosso Twitter

Formulário de contato