Astronauta Singularidade Danilo Beyruth

Astronauta Singularidade, de Danilo Beyruth

00:00Universo dos Leitores


Astronauta: Singularidade inicia a segunda fase do projeto Graphic MSP. E antes de qualquer coisa eu preciso dizer que foi uma excelente forma de começar. 

A Kellen falou sobre Astronauta: Magnetar aqui no site e como ela ressaltou, nela o quadrinista Danilo Beyruth destacou a solidão de uma missão espacial e a importância das memórias nos momentos de desespero. Mas agora, em Astronauta: Singularidade, a missão de Astro é muito mais complexa: após ter sofrido um transtorno com a missão magnetar, ele, ainda em fase de recuperação e testes emocionais, precisa encarar uma nova e complexa viagem espacial, que tem como objetivo investigar um buraco-negro, que é um dos grandes mistérios da física e da astronomia. 
Acontece que dessa vez ele não irá sozinho, mas sim acompanhado da astronauta-psicóloga e de um Major gringo. Inicialmente, Astro fica resistente à presença de outras pessoas na sua nave espacial, contudo determinado e dedicado como é, ele não permite que esse sentimento interfira na missão. Pelo contrário. Ele exercita todas as tarefas com brilhantismo e excelência. 

Não bastasse a complexidade da missão em si, os personagens fazem uma importante e inesperada descoberta, o que provoca um conflito entre Astro e o Major. A partir desse acontecimento, nosso protagonista precisa usar da sua inteligência e da sua experiência ímpar para se defender do Major, proteger a terra e claro, a Doutora.
Essa é uma história de aventura, ficção, suspense e muita emoção. Muito mais que abordar temas científicos, Danilo Beyruth apresenta importantes reflexões sobre as nossas escolhas e as formas que temos para lidar com elas. O Astro, sempre solitário, precisa aprender a conviver com outras pessoas e a confiar em outras pessoas. Aos poucos, ele cria um vínculo com a Doutora e descobre que mesmo com toda a sua fissura pela Ritinha, é possível seguir em frente. 

Além disso, nessa HQ ele se mostra um homem mais forte e mais íntegro, características que fazem dele um personagem realmente singular!
Não posso deixar de destacar, ainda, a parte gráfica da HQ. Essa revista está simplesmente impecável. As cores mais vivas e intensas, os traços mais fortes e os cenários mais detalhados. É um verdadeiro espetáculo visual, que transporta o leitor para um universo de imaginação e capta todas as emoções do roteiro. O tom vermelho, que substituiu o azul da primeira história, ficou simplesmente deslumbrante. É impossível não mergulhar no espaço. 

Percebi uma evolução incrível da primeira história para essa e espero, sinceramente, me encantar mais e mais com esse personagem.

Gostou? Compre aqui...

You Might Also Like

0 comentários

Obrigada por participar do nosso Universo! Seja sempre muito bem vindo...

Mais Lidos

Acompanhe nosso Twitter

Formulário de contato