Matérias Literárias

MATÉRIAS LITERÁRIAS: Livros baseados em games incentivam novos leitores e conquistam cada vez mais espaço no mercado brasileiro.

10:16Isabela Lapa

Os jogos de vídeo game sempre foram um sucesso entre os jovens. A ansiedade dos fãs e a excessiva demanda por novidades acabou gerando o interesse das produtoras em ofertar algo além. 

Nos últimos anos, uma estratégia utilizada tem sido a publicação de livros que se baseiam no contexto dos games e exploram um universo semelhante. Em regra, as histórias tem como objeto central o processo de surgimento do "mundo" do jogo ou algum personagem que recebeu pequeno destaque. 

Um importante detalhe acerca destes livros é que os roteiros são  escolhidos e preparados pela empresa responsável pela produção do jogo. Após a determinação das bases da história um escritor é convocado para construí-la. 

Se a história for em quadrinhos, o processo é ainda mais complexo, afinal, além de contar com o apoio de um escritor que tem conhecimento do jogo, é imprescindível que se tenha uma equipe de arte capaz de preservar as características dos personagens de acordo com as imagens transmitidas no jogo. 

A fórmula de sucesso começou a ser explorada nos Estados Unidos em 1990 e atualmente tem conquistado espaço no mercado nacional. 

O Grupo Record, por meio do Selo Galera, tem apostado nesse estilo e já publicou livros relacionados com 10 games diferentes. Entre eles, Assassin's Creed, Residente Evil e Battlefiel merecem destaque.


Outro livro do gênero que tem sido muito elogiado é o God Of War, que foi publicado no ano de 2012 pela Editora Leya.


Além de saciarem a curiosidade dos fãs e contribuírem para um aumento na venda dos jogos, os livros tem uma finalidade essencial: estimulam o prazer pela leitura. Os adolescentes, que algumas vezes não se interessam pelos livros, se sentem curiosos pelas histórias sobre os games e com isso começam a ler. 

Esse pode ser o primeiro passo para despertar o prazer literário, uma vez que a leitura não será um obrigação imposta pela escola, mas sim uma opção do jovem. 

Sobre este assunto é importante destacar a iniciativa de uma professora americana que introduziu livros sobre games nas aulas e teve um resultado positivo entre os alunos. Segundo ela, o conhecimento prévio do tema fez com que os jovens se interessassem pelas obras e os resultados foram muito satisfatórios. Quem quiser pode clicar aqui e conferir a entrevista que a professora concedeu à Revista Veja.



You Might Also Like

0 comentários

Obrigada por participar do nosso Universo! Seja sempre muito bem vindo...

Acompanhe nosso Twitter

Formulário de contato