Coleção Valagume Livros

Livros da Coleção Vagalume que toda criança (e adulto) deveria ler!

10:00Luiz Ribeiro


A Coleção Vagalume se tornou uma das principais referências no que se refere a literatura infantil e infantojuvenil no Brasil. 

Com uma curadoria espetacular, a editora Ática aproveitou o bum desta literatura ao redor do mundo e, a partir de 1973, começou a lançar esta série que viria a mudar a vida de gerações e gerações de leitores. Com muitos sucessos e livros que chegaram a ter dezenas de reedições, a Coleção Vagalume se tornou referência até hoje quando pensamos em escolher um livro para crianças lerem. 

Pensando nisso, separei 15 livros da Coleção Vagalume que toda criança (e adulto) deveria ler!

1- O Escaravelho do Diabo (1977), de Lúcia Machado de Almeida


Vítimas ruivas recebem um escaravelho antes de serem mortas. É a única pista que Alberto tem para chegar àquele estranho criminoso. Selecionado para o Programa Nacional de Biblioteca da Escola em 1999. Acompanha suplemento de atividades.

2- A Turma da Rua Quinze (1990), Marçal Aquino


No dia 20 de julho de 1969, três astronautas norte-americanos chegam à Lua. A data também marca a vida da turma da rua Quinze por outro motivo. É nesse dia que Marcão desaparece, e Pedro, André, Renato, Tigre e Serginho começam a investigar o mistério. Com a ajuda do cachorro Napoleão e de Alípio, um delegado aposentado, os meninos vivenciam uma história inesquecível em seus últimos dias de férias.

3- Tônico e Carniça (1995), de José Rezende Filho e Assis Brasil


Tonico é um menor abandonado e Carniça, seu melhor amigo. Juntos eles enfrentam os preconceitos da sociedade e tentam provar que não ter um lar não faz deles marginais. A discriminação e os perigos desafiam os pequenos heróis.

4- Sozinha no Mundo (1984), Marcos Rey


Sozinha no mundo, Pimpa enfrenta uma realidade dura e difícil: a morte de sua mãe. Corajosa e sem saída, fugindo de uma assistente social, ela sai em busca de “tio” Leonel. Encontrá-lo é sua única chance. No fim da narrativa, Marcos Rey, hábil contador de histórias, surpreende como sempre seu leitor, depois de deixá-lo apreensivo e curioso com a conflitante situação de Pimpa durante toda a leitura.

5- O Feijão e o Sonho (1983), Orígenes Lessa


“O Feijão e o Sonho” é a história do poeta Carlos Lara e sua mulher Maria Rosa. Ele é um sonhador, disposto a todos os sacrifícios para viver de sua literatura, enquanto ela é uma mulher de pés no chão, às voltas com o trabalho da casa e criação dos filhos, e sempre a exigir dele mais empenho, mais feijão e menos sonho para garantir o sustento da família. O livro já ultrapassou a marca de cinquenta edições.

6- Tonico (1999), José Rezende Filho


Pobre e órfão de pai, Tonico sonha com uma vida independente e começa a trabalhar como engraxate, percorrendo as ruas com o amigo Carniça.

7- O Rapto do Garoto de Ouro (1982), Marcos Rey


Outra aventura escrita por Marcos Rey, “O Rapto do Garoto de Ouro” conta a história de um astro de rock que é sequestrado. A única pista do crime é uma agenda com nomes e endereços. Ao investigá-los, dois jovens detetives se envolvem com os mais bizarros moradores do bairro do Bexiga, na cidade de São Paulo.

8- Os Barcos de Papel (1980), José Maviael Monteiro


Quito, Miguel, André e Josué são amigos inseparáveis. Um dia, eles descobrem uma misteriosa caverna e resolvem explorá-la. No entanto, a aventura acaba saindo do controle quando eles se perdem e ficam presos. A turma, percorre lugares cada vez mais estranhos, e descobre que a caverna esconde muitas surpresas, inclusive bandidos.

9- O Caso da Borboleta Atíria (1975), Lúcia Machado de Almeida


A singela e delicada borboleta Atíria se envolve em uma arriscada aventura para desvendar o mistério por trás dos crimes que tiraram a vida das amigas do Príncipe Grilo. Ao tentar ajudá-lo, a corajosa borboleta enfrenta grandes perigos, como o encontro com um Esqueleto-Vivo na Gruta dos Horrores, para descobrir o paradeiro do assassino que assombra a rotina dos insetos na floresta.

10- A Serra dos Dois Meninos (1980), Aristides Fraga Lima


Os irmãos Ricardo e Maneco passam as férias na Fazenda Gravatá, localizada próxima da cidade de Adustina, na Bahia. No local, eles se tornam amigos dos vaqueiros, que os alertam sobre os riscos que rondam a serra. Mesmo assim, os meninos decidem percorrer as trilhas na mata, e acabam se perdendo. Eles, então, precisam enfrentar os perigos do local sozinhos.

11- O Mistério do Cinco Estrelas (1981), Marcos Rey


Um homem é assassinado em um hotel cinco estrelas. O único a ver o corpo é Leo, mensageiro do estabelecimento. No entanto, ninguém acredita em suas histórias. O garoto, então, decide enfrentar inimigos poderosos para desvendar o mistério. Enredado em uma trama de tirar o fôlego, ele vive momentos de muito suspense e é surpreendido por incontáveis acontecimentos.

12- Éramos Seis (1973), Maria José Dupré


O livro conta a história de Dona Lola e sua família. A bondosa e batalhadora mulher faz de tudo pela felicidade do marido, Júlio, e dos quatro filhos: Carlos, Alfredo, Julinho e Maria Isabel. A vida de Dona Lola é narrada desde a infância das crianças, quando Júlio trabalha para pagar as contas, passando pela chegada dos filhos à fase adulta e de Dona Lola à velhice.

13- A Ilha Perdida (1973), Maria José Dupré


Eduardo e Henrique resolvem explorar uma misteriosa ilha e descobrir se as histórias que ouvem sobre o lugar são reais. Os dois acabam se envolvendo em uma grande aventura em que um velho sábio ensina o respeito e o amor à natureza. Um clássico da literatura juvenil brasileira, o livro foi publicado em 1973 pela Coleção Vaga-lume.

14- O Gigante de Botas (1974), Ofélia e Narbal Fontes


Também ambientado na era dos bandeirantes, o livro narra as aventuras de Anhanguera e o capitão Ortiz, que guiam uma bandeira pelas matas goianas rumo à mina dos Martírios. A natureza é cenário dessa aventura em que os bandeirantes enfrentam índios e traições no próprio grupo.

15- Menino de Asas (1976), Homero Homem


Cansado de não ser aceito em sua pequena cidade, um menino que tem asas no lugar dos braços se muda para uma cidade grande, disposto a vencer a rejeição. Contudo, nesse percurso, cheio de contratempos e aventuras, ele descobre novas amizades, que vão ajudá-lo a superar os diferentes desafios que surgem todos os dias.

Fontes:

You Might Also Like

1 comentários

  1. Meu sonho como professor de História é que meus alunos possam ler esses livros.

    ResponderExcluir

Obrigada por participar do nosso Universo! Seja sempre muito bem vindo...

Acompanhe nosso Twitter

Formulário de contato